quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

TRIO É PRESO POR MORTE DE MÃE QUE SE JOGOU NA FRENTE DE FILHO

A polícia prendeu, ainda nessa terça (25), o trio de suspeitos responsáveis pela morte da faxineira, que foi assassinada com um tio na cabeça em Rio Doce


Maria Duarte Bezerra, 49 anos, estava bebendo com os filhos e amigos quando começou a confusão
            Foto: Divulgação/Polícia Civil.

O trio de suspeitos envolvidos na morte da faxineira e na tentativa de homicídio de um dos filhos dela em Rio Doce, Olinda, no Grande Recife, foram presos nessa terça-feira (25). Segundo a Polícia Civil, Anderson da Silva Salustiano, 29 anos, Jameson Vernildo da Silva, 38, e o autor dos disparos, Júlio José da Silva Cavalcanti, 30, foram presos depois de terem fugido após a ação.
Os três são os suspeitos que se envolveram em uma confusão seguida de uma tentativa e um homicídio na manhã dessa terça, após uma festa na quarta etapa de Rio Doce. Na ação, a faxineira Maria Duarte Bezerra, de 49 anos, foi morta com um tiro na cabeça após se colocar na frente do filho, de 18 anos, que seria o alvo do trio.
Além deles, Fabíola Rebeka de Lima, 18 anos, e Rosangela Joaquim da Silva, 32, que são esposas de dois dos suspeitos, também foram detidas após obstruir o trabalho da polícia para fazer com que o trio ganhasse tempo para fugir.
O quinteto foi encaminhado para o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), no Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. As mulheres serão encaminhadas para a audiência de custódia e irão responder por homicídio, tentativa de homicídio e obstrução ao trabalho da polícia.

O caso

O caso, que ocorreu na Rua Sessenta e Nove por volta das 7h dessa terça, foi registrado durante uma festa que acontecia em um dos blocos dos prédios localizados na quadra treze, na quarta etapa de Rio Doce.
A vítima estaria bebendo na companhia dos dois filhos adolescentes, um de 14 e outro de 18 anos, e de um amigo deles, de 16 anos, além de outros três homens. Durante a confraternização, um desentendimento entre os três homens e os filhos da mulher começou.
Com o agravamento da situação, um dos homens foi até em casa e pegou uma arma calibre 12, voltando em seguida para o local. Ao chegar, o mesmo homem teria sacado a arma e alvejado diversos disparos. Nesse momento, a mulher se jogou na frente de um dos filhos, que seria o alvo, e recebeu um disparo na cabeça. Após a ação criminosa, o suspeito e os outros dois homens fugiram. A vítima morreu no local.
A Polícia Militar foi chamada até o local e informada pelos filhos da vítima onde os três homens moravam, incluindo o autor dos disparos. Ao chegar nas residência dos suspeitos, a polícia encontrou duas mulheres, que seriam esposas de dois deles, nos locais. Ao serem questionadas do paradeiro dos maridos, as mesmas tentaram enganar a polícia.

Motivação

Segundo o Delegado de Plantão do DHPP, Alaumo Lima, a suspeita é de que a motivação do caso tenha ligação com o tráfico de drogas na localidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário