quinta-feira, 15 de agosto de 2019

A Polícia Civil realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (15)

A Polícia Civil realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (15) no auditório da Dinter-01, onde foram repassados detalhes das investigações de três assassinatos ocorridos em Caruaru nos últimos dias, participaram da coletiva a Comissária Ellen Neves que coordena a equipe Malhas da Lei da AIS-14; o delegado titular da 20ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, Dr. Márcio George; o gestor da 3ª Divisão de Homicídios do Agreste, Dr. Vitor Freitas e a delegada adjunta da 20ª Delegacia de Homicídios, Dra. Estefânia Azevedo.
Na última terça-feira (13) foi preso pela equipe Malhas da Lei, Elton Jonns da Silva, vulgo“Potoca” que mora no Sítio Cipó e no ano de 2011 matou uma pessoa, policiais da Malhas da Lei foram a sua procura e se sentindo encurralado ele foi ao fórum onde foi constatado que havia um Mandado de Prisão Preventiva em aberto e ele recebeu voz de prisão e foi recolhido ao presídio.
Ontem foi preso preventivamente pela 20ª Delegacia, o jovem, Emerson Ariel Cavalcante dos Santos, que matou a tijoladas na madrugada da segunda-feira da semana passada por trás do terminal da Vila Kennedy, Ricardo Luiz da Silva, que estava despido, a delegada informou que o Emerson confessou o crime, mas ao ser questionado porque a vítima estava despida se tivesse sofrido violência sexual, ele disse que a vítima foi se desfazendo das vestes durante uma luta corporal.
O delegado Marcio George esclareceu dois homicídios, o do jovem Cleyton que foi morto a tiros esta semana na Rua Santa Rosa, tendo o delito sido cometido por dois adolescentes, um deles foi apreendido em flagrante e o outro está foragido e a motivação foi uma desavença entre a vítima e os menores.
O outro crime desvendado pelo delegado Márcio George, teve como vítima, Manoel Dário, que foi baleado na manhã da quarta-feira (07), durante um assalto no bairro Santa Rosa e morreu no Hospital Regional do Agreste, Eriberto Henrique Alves e Carlos Gabriel da Silva Travassos, tinham acabado de tomar um carro de assalto no bairro José Liberato e quando foram ao bairro Santa Rosa para cometer novos assaltos se depararam com a vítima, anunciaram o assalto e efetuaram dois tiros na vítima. Eles confessaram..  

A imagem pode conter: 2 pessoas

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up e texto

A imagem pode conter: 1 pessoa

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

A imagem pode conter: 1 pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário